Prêmio Brasil de Economia

Noticias 11/06/2021

em sua XXVII edição, oferece R$ 18 mil em prêmios Economista: o próximo trabalho reconhecido pode ser o seu.


Prêmio Brasil de Economia, em sua XXVII edição, oferece R$ 18 mil em prêmios
Economista: o próximo trabalho reconhecido pode ser o seu.



As inscrições para o XXVII Prêmio Brasil de Economia foram prorrogadas até 16 de julho. O concurso é realizado anualmente pelo Conselho Federal de Economia e os trabalhos são divididos em quatro categorias: livro de economia, artigo técnico/científico, artigo temático e monografia de graduação. Ao todo, serão distribuídos R$ 18 mil em dinheiro.

Uma novidade na edição deste ano é a categoria artigo temático, que premiará textos sobre os 70 anos da regulamentação da profissão de economista no Brasil. A Lei 1.411/51, que trata do assunto, foi um marco importante para a época, mas o desenvolvimento da tecnologia e do mercado de trabalho trouxeram novos desafios para a profissão - entre eles, a necessidade de um marco regulatório mais claro. O vencedor desta categoria receberá um prêmio de R$ 3 mil.

O primeiro colocado da categoria livro de economia receberá um prêmio de R$ 8 mil; já o ganhador da categoria artigo técnico/científico receberá R$ 4 mil; e os ganhadores das categorias artigo temático e monografia receberão R$ 3 mil. Além disso, estão previstas duas menções honrosas por categoria. A única categoria aberta a estudantes é a de monografias, e as inscrições serão feitas pelos Conselhos Regionais de Economia de cada Estado. Isso porque o requisito para concorrer nesta categoria do prêmio e ter sido vencedor dos prêmios de monografia anualmente promovidos pelos Conselhos Regionais.


As inscrições não têm custo e podem ser realizadas pelo site http://www.cofecon.org.br/pbe
. A premiação acontecerá em data ainda a ser fixada pelo Cofecon.

Retrospectiva Em 2020, o prêmio ao melhor livro foi para José Luis Oreiro, Luiz Fernando de Paula e Rogério Sobreira Bezerra, com a obra "Moeda e Sistema Financeiro"; na categoria artigo, "Os efeitos dinâmicos da poluição sobre o crescimento e a inflação: A derivação do modelo Canônico ambiental novo Keynesiano", de Benito Adelmo Salomão Neto, obteve o primeiro lugar; e "Estratégia de Diversificação Produtiva: Uma Proposta para aumentar a complexidade Econômica dos Estados Brasileiros", de Arthur Ribeiro Queiroz, foi o trabalho vencedor na categoria monografia.

Serviço: Prêmio Brasil de Economia Inscrições gratuitas: até 16 de julho http://pbe.cofecon.org.br/index.html


Como vai funcionar a Gincana Nacional de Economia?

Notícias Relacionadas

LER MAIS

Seja Perito Judicial e obtenha uma nova fonte de renda!

23.07.2021

Você Economista tem grande oportunidade no mercado de perícias judiciais.

LER MAIS

Último dia para inscrições na Gincana Nacional de Economia

14.07.2021

A 10ª Gincana Nacional de Economia oferece diversão, conhecimento e premiação em dinheiro para estudantes de Ciências Econômicas e cursos conexos.

LER MAIS

Última semana para inscrições na Gincana Nacional de Economia

08.07.2021

A 10ª Gincana Nacional de Economia oferece diversão, conhecimento e premiação em dinheiro para estudantes de Ciências Econômicas e cursos conexos.