Remuneração

economista 10/04/2012

O Economista pode exercer suas atividades, como já foi citado, de forma autônoma ou vinculada a uma instituição.


No caso do exercício autônomo, sugere-se  adotar a    seguinte conduta: fixação  prévia, em contrato   escrito, do  montante   dos honorários; estes, por sua   vez,  deverão ser quantificados de acordo   com as   condições locais de    mercado de  trabalho, seguindo os  seguintes elementos:

A relevância, o vulto, a complexidade e a dificuldade do serviço a executar;

O trabalho e o tempo necessário;

A possibilidade de ficar o economista impedido de atender a outros serviços, com risco de prejudicar suas relações com a clientela ou com terceiros;

A situação econômico-financeira do cliente e os resultados que para este advirão do serviço profissional;

O caráter do serviço a prestar, conforme se trate de cliente eventual, habitual ou permanente;

O lugar da prestação do serviço, fora ou não do domicílio do economista;

O conceito profissional do Economista;

As recomendações oficias existentes, inclusive por Resoluções do COFECON.
 


Notícias Relacionadas

LER MAIS

Eleições do Corecon-PB exclusivamente pela internet

28.10.2019

dia 29 de outubro de 2019 até as 20h do dia 31 de outubro de 2019 (horário de Brasília). 

LER MAIS

Curso de Renda Fixa Prime foi realizado no último final de semana

27.09.2019

Aconteceu no último final de semana, no período de 20 e 21 de setembro, o curso de Renda Fixa Prime. O Curso, que contou com o apoio do Corecon-PB,

LER MAIS

FGTS: Dê valor a um dos maiores benefícios conquistados pelos brasileiros

13.09.2019

Criado há 53 anos o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) é o assunto que domina a atenção da mídia nos últimos dias.