Economista: Não perca esta grande chance

Noticias 05/07/2013


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

REGULAMENTO

 

 

O Conselho Regional de Economia da 21ª Região – PB (CORECON-PB), no uso de suas atribuições legais e, em conformidade com a Lei nº. 8.666/93, lança o IX Prêmio Paraíba de Economia Professor Celso Furtado, promovido em parceira com o Conselho Federal de Economia (COFECON), destinado a premiar os melhores trabalhos monográficos, com inscrições até o dia 16 de agosto de 2013, conforme os seguintes requisitos:

I – Dos Objetivos:

Art. 1º - O Concurso tem o objetivo de estimular o aperfeiçoamento da pesquisa cientifica, incentivando estudantes a desenvolverem estudos voltados para o conhecimento da realidade estadual, regional ou nacional.

II – Dos trabalhos

Art. 2º - As monografias de graduação em Ciências Econômicas devem ser resultado de trabalhos aprovados nos 12 (doze) meses anteriores à inscrição deste Concurso em Instituições de ensino superior do Estado, reconhecidas pelo Ministério da Educação – MEC.

Art. 3º - Os trabalhos inscritos na categoria Monografia de Graduação em Economia poderão ser encaminhados diretamente pela Coordenação de Economia até o máximo de 04 (quatro) monografias. É necessário que tenham sido aprovadas nos doze meses anteriores à inscrição, acompanhadas do respectivo documento que aprovou a indicação das monografias. Poderá ocorrer inscrição de monografias de final de Curso de Graduação em Economia, diretamente pelo autor, com o máximo de três monografias por orientador, com recomendação escrita do orientador, registrado em Conselho de Fiscalização Profissional e documento emitido pela instituição de ensino superior, comprovando a aprovação do trabalho.

Art. 4º - O trabalho deverá ser digitado em editor de texto Word, em língua portuguesa, em letra Arial, fonte tamanho 12, papel A4, com margens superior e esquerda iguais a 3 (três) cm, e margens direita e inferior iguais a 2 (dois) cm. O espaçamento entrelinhas deverá ser 1,5 e o resumo que deverá acompanhar o trabalho, não deverá ultrapassar 250 palavras. As páginas do trabalho deverão ser impressas de um só lado das folhas, em conformidade com as normas adotadas pelo ABNT.

Art. 5º - O Trabalho deverá ser inédito, não podendo ter sido apresentado em outros concursos, em congressos ou editados em anais ou em qualquer outro tipo de publicação.

Art. 6º - Qualquer divergência do tema estabelecido, a critério da Comissão Julgadora, poderá implicar a desclassificação do trabalho.

Art. 7º - Somente serão aceitos trabalhos de autoria individual de estudantes de graduação em Economia das Instituições de Ensino Superior localizadas no Estado da Paraíba.

III – Das Inscrições

Art. 8º - Os trabalhos da categoria Monografia de Graduação em Ciências Econômicas deverão ser encaminhados ao CORECON-PB até o dia 16 de agosto de 2013.

§1. A data de postagem será condição para aceitabilidade da inscrição final dos trabalhos.

§2. Não serão aceitos trabalhos encaminhados por Correio Eletrônico.

Art.9º - O CORECON-PB receberá os trabalhos, em envelopes lacrados, identificados por pseudônimo e dará recibo ao concorrente.

Art. 10 - Para garantir o anonimato e participação efetiva no processo de avaliação dos trabalhos, o autor deve identificar-se apenas por pseudônimo na parte superior da primeira página do texto.

 

Art. 11 – Não deverá constar o nome do Orientador da Monografia. Será divulgado na solenidade de entrega do Prêmio.

 Art. 12 - Os trabalhos devem ser entregues em 04 (quatro) vias impressas e completas, todas com igual qualidade de impressão, em envelope único e lacrado apresentado somente o pseudônimo do autor, sem assinaturas ou sinais indicativos de identificação do autor e orientador.

Parágrafo Único – É obrigatório encaminhar cópia do trabalho em meio eletrônico, devendo ser entregue no ato da inscrição 01 (uma) cópia em CD.

Art. 13 - A identificação completa do Autor e Orientador será realizada em formulário específico (nome completo, número do Cadastro de Pessoas Físicas da Receita Federal e número do Registro Geral da Carteira de Identidade, endereço, telefone, fax e e-mail para contato, vinculação institucional, pseudônimo adotado) e deve ser entregue em envelope separado e lacrado, identificado apenas com o pseudônimo adotado.

Art. 14 - A inscrição do trabalho implica automática cessão gratuita dos direitos de publicação. Fica autorizada a reprodução do todo, ou parte, em qualquer tempo ou meio editorial de comunicação, a critério do CORECON-PB.

Parágrafo Único – Os exemplares dos trabalhos inscritos e premiados não serão devolvidos.

IV – Da Comissão Julgadora

Art. 15 - Para seleção final dos trabalhos será formada Comissão Julgadora composta de, no mínimo, três economistas. Os membros da Comissão deverão possuir reputação ilibada e reconhecido conhecimento das matérias constantes do temário do Prêmio, registrados no CORECON-PB, com qualificação técnica e formação acadêmica compatíveis para avaliar trabalhos de monografia de Graduação, bem como dissertações de mestrado e Teses de Doutorado.

Parágrafo Único – A Comissão poderá deixar de sugerir a premiação se os trabalhos não alcançarem um nível compatível.

Art. 16- Não haverá, sob qualquer pretexto, revisão dos trabalhos e o resultado final do concurso não será passível de recurso.

Art. 17- A decisão da Comissão Julgadora será tomada por maioria absoluta dos votos de seus membros.

Parágrafo Único – Em hipótese alguma será validado empate entre os trabalhos inscritos.

V - Dos Prêmios

Art. 18 - Serão concedidos os seguintes prêmios, em valores brutos:

1º Lugar: R$ 3.000,00 (três mil reais);

2º Lugar: R$ 2.000,00 (dois mil reais)

3º Lugar: R$ 1.000,00 (hum mil reais);

Art. 19 - Os valores dos respectivos prêmios estarão sujeitos à incidência, dedução e retenção de impostos, conforme legislação em vigor, por ocasião da data de pagamento do prêmio.

Art. 20 - Comissão Julgadora poderá decidir pela não concessão de prêmios ou pela premiação de apenas um ou dois trabalhos, justificando a decisão em documento dirigido ao CORECON-PB.

Art. 21 - Além da premiação de que trata o Art. 18, o CORECON-PB, outorgará diplomas de Honra ao Mérito aos três primeiros colocados.

Art. 22 - A critério da Comissão Julgadora será concedida a entrega de uma ou mais Menção Honrosa Professor Ronald Queiroz e Menção Honrosa Economista Neuza Lopes, aos estudantes participantes do VIII Prêmio Paraíba de Economia Professor Celso Furtado, que mereçam ser destacados.

Parágrafo Único – As Menções Honrosas não receberão premiação em dinheiro. Será conferido um Diploma.

Art. 23 - O trabalho de Monografia classificado em primeiro lugar será remetido ao COFECON para concorrer ao Prêmio Brasil de Economia, na categoria Monografia de Graduação em Ciências Econômicas.

Art. 24 - O resultado do concurso será divulgado pelo CORECON-PB no dia 14 de novembro de 2013 durante a solenidade e disponibilizado na sede do CORECON e no site www.corecon-pb.org.br no primeiro dia útil subseqüente à entrega oficial da premiação.

Art. 25 - A solenidade de entrega dos diplomas e prêmios está previsto para ocorrer no dia 20 de novembro de 2013, às 20h00, em local a ser definido posteriormente.

VI - Das Disposições Gerais

Art. 26 - É assegurado ao CORECON-PB o direito à publicação dos trabalhos classificados.

§1. Na hipótese da publicação, cada autor receberá cinco exemplares da edição específica.

§2. Na impossibilidade de publicação dos trabalhos pelo CORECON-PB, e em caso de solicitação, o Plenário da entidade poderá autorizar o retorno dos direitos de publicação para o autor do trabalho.

Art. 27 - Os trabalhos não premiados ficarão à disposição do autor, na sede do CORECON-PB, pelo prazo máximo de 90 (noventa) dias a partir da data de publicação do resultado final da seleção.

Parágrafo Único – Vencido o prazo de 90 (noventa) dias, o CORECON-PB poderá: i) manter em acervo bibliográfico do CORECON; ii) realizar doação para bibliotecas de Instituições de Ensino Superior que manifestarem interesse; e iii) inutilizar os trabalhos.

Art. 28 - A inscrição do trabalho implica na aceitação pelo autor, de forma ampla e irrestrita, de todas as exigências e disposições deste Regulamento, acarretando desclassificação o não cumprimento de qualquer de seus dispositivos, a juízo da Comissão Julgadora.

Art. 29 - Ficam impedidos de concorrer à premiação trabalhos de autoria de membros da Comissão Julgadora e de Conselheiros ou funcionários do CORECON-PB.

Art. 30 - Os casos omissos serão de competência exclusiva do Plenário do CORECON-PB.

 

João Pessoa (PB), 27 de março de 2013

 

Econ. Celso Pinto Mangueira

Presidente - CORECON-PB


Notícias Relacionadas

LER MAIS

Declaração Negativa de Comunicação COAF.

16.01.2019

Época de Entregar a Declaração ao COAF.

LER MAIS

Declaração Negativa de Comunicação COAF.

16.01.2019

Época de Enviar a Declaração Negativa de Comunicação COAF.