Vendas de supermercados mantêm desaceleração em maio

Noticias 00/00/0000

Os supermercados brasileiros devem sofrer certa desaceleração nas vendas em maio, seguindo o processo de acomodação já visto em abril, após a disparada vista nos três primeiros meses do ano.


No mês passado, as vendas reais do setor cresceram 0,19 por cento na comparação com abril de 2011, informou nesta terça-feira a associação que representa os supermercadistas no país, Abras. Em relação a março, porém, houve queda de 2 por cento.

Uma trajetória de acomodação das vendas já era esperada após o salto no primeiro trimestre, favorecido pela combinação entre aumento de renda da população e fatores sazonais.

Nesse sentido, a Abras já havia previsto um desaquecimento das vendas em abril ante março, decorrente da comemoração da Páscoa no início do mês passado.

"Agora o nível está mais normalizado, mas ainda positivo no acumulado do ano", disse o presidente da Abras, Sussumu Honda. "Depois da segunda quinzena de maio, houve certa redução no ritmo (de vendas)". Ele atribuiu o movimento a uma "ressaca" depois de uma série de feriados que favorecem as vendas.

Nos quatro primeiros meses do ano, as vendas acumularam alta de 6,08 por cento e, embora o resultado esteja acima da previsão da entidade, de aumento entre 3,5 e 4 por cento no fechado de 2012, Honda afirmou ser necessário "esperar mais um pouco" para uma possível revisão da estimativa. "Vamos esperar o resultado de maio", disse.

 

 

Fonte: http://g1.globo.com/economia
 


Notícias Relacionadas

LER MAIS

Declaração Negativa de Comunicação COAF.

16.01.2019

Época de Entregar a Declaração ao COAF.

LER MAIS

Declaração Negativa de Comunicação COAF.

16.01.2019

Época de Enviar a Declaração Negativa de Comunicação COAF.