Inflação do aluguel desacelera na 1ª prévia de junho, mostra FGV

Noticias 11/06/2012

No ano, o indicador acumula alta de 3,21% e, em 12 meses, de 5,16%. IGP-M havia fechado maio com alta de 1,02%, ante 0,85% em abril.


O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M), conhecido como a inflação do aluguel, porque é usado para reajustar a maioria dos contratos imobiliários, desacelerou para 0,68% na primeira prévia de junho, ante elevação de 0,89% no mesmo período de maio, segundo informou a Fundação Getulio Vargas (FGV), nesta segunda-feira (11). No ano, o indicador acumula alta de 3,21% e, em 12 meses, de 5,16%.

O IGP-M havia fechado maio com alta de 1,02%, ante variação positiva de 0,85% em abril.

Dentre os subíndices que compõem o IGP-M, o Índice de Preços ao Produtor Amplo-Mercado (IPA-M) teve alta de 0,64% na primeira prévia de junho, ante inflação de 1,15% em igual período de maio.

Os preços dos bens finais variaram para 0,05%, ante 0,88% anteriormente. Contribuiu para este movimento o subgrupo alimentos processados, cuja taxa passou de 2,16% para 0,04%.

No segmento Bens Intermediários, houve desaceleração para 1,07%, ante 1,52% na primeira prévia de maio. A principal contribuição partiu do subgrupo materiais e componentes para a manufatura, que passou de 1,90% para 1,14%.

O índice de Matérias-Primas Brutas apresentou variação de 0,76%, contra 0,96% no mês anterior. Os itens que mais influenciaram foram: soja em grão (7,74 para 2,35%), algodão em caroço (3,64 para 0,52%) e bovinos (-0,31 para -0,83%).


Fonte: http://g1.globo.com/economia

 


Notícias Relacionadas

LER MAIS

Declaração Negativa de Comunicação COAF.

16.01.2019

Época de Entregar a Declaração ao COAF.

LER MAIS

Declaração Negativa de Comunicação COAF.

16.01.2019

Época de Enviar a Declaração Negativa de Comunicação COAF.