Governo zera IOF de empréstimos do exterior com prazo de mais de 2 anos

Noticias 14/06/2012

Objetivo da medida é conter recente valorização do dólar frente o real. Nos últimos meses, o governo vinha aumentando esse prazo.


O governo reagiu à recente valorização do dólar ante o real e à crise internacional e decretou, nesta quinta-feira (14), a redução do prazo dos empréstimos externos sujeitos ao pagamento de Imposto sobre Operações Financeiras (IOF). A partir de agora, os empréstimos externos com prazos acima de dois anos passam a ser isentos de IOF – até então, a isenção valia apenas para empréstimos com mais de cinco anos.

O decreto foi publicado no "Diário Oficial da União" e já está valendo. A alíquota, de 6%, não foi alterada.

Com a isenção da tributação sobre os empréstimos acima de 2 anos, o governo torna esses recursos "mais baratos" e estimula bancos e empresas a tomar crédito no exterior, aumentando, dessa forma, a entrada da moeda norte-americana no país – e estimulando a redução da cotação da moeda.

Em meio à crise econômica no exterior, o dólar vem operando com as maiores cotações em mais de três anos.  Na semana, até quarta-feira, a moeda acumulava alta de 2,35%. No mês, a alta era de 2,69%, e no ano, de 10,88%.

Nesta manhã, depois do anúncio da medida, a moeda abriu em queda de 0,43%, negociada a R$ 2,0628 na venda, mas mudou de direção, passando a operar perto da estabilidade, com leve alta.

 

 

Fonte: http://g1.globo.com/economia


Notícias Relacionadas

LER MAIS

Declaração Negativa de Comunicação COAF.

16.01.2019

Época de Entregar a Declaração ao COAF.

LER MAIS

Declaração Negativa de Comunicação COAF.

16.01.2019

Época de Enviar a Declaração Negativa de Comunicação COAF.