Desaceleração obriga Brasil a rever modelo de crescimento, diz FT

Noticias 11/07/2012

Após uma década de robusto crescimento, o Brasil subitamente se vê obrigado a repensar o seu modelo econômico, diz o jornal britânico Financial Times (FT) na sua edição desta terça-feira.


Que tipo de economia o Brasil quer e qual o tamanho do papel que o estado deve ter?, é a questão colocada aos governantes, segundo o jornal.

Para o FT, a economia brasileira desacelerou e agora rasteja, com uma expectativa de expansão de apenas 2% neste ano.

O jornal aponta para vários fatores que deixaram o país, cuja economia parece ter perdido a direção, nesta situação.

Muito de sua indústria, apesar de uma série infindável de medidas de estímulo, se tornou globalmente pouco competitiva. Até o consumo (interno) está dando sinais de fadiga, diz o jornal.

Apesar do aumento em investimentos, infraestrutura e educação ficaram para trás e sua fraqueza impediu o país de realizar o seu pleno potencial, diz o jornal.

Os desafios não param por aí. São apontados como entraves para um crescimento mais forte a baixa taxa de poupança e juros ainda altos, que seriam herança do período de inflação galopante dos anos 90. Burocracia governamental e o sistema de impostos também foram apontados pelo jornal.


Fonte: http://economia.estadao.com.br


Notícias Relacionadas

LER MAIS

Declaração Negativa de Comunicação COAF.

16.01.2019

Época de Entregar a Declaração ao COAF.

LER MAIS

Declaração Negativa de Comunicação COAF.

16.01.2019

Época de Enviar a Declaração Negativa de Comunicação COAF.