Restrição ao comércio reduz chance de recuperação econômica, diz OMC

Noticias 16/07/2012

Diretor Lamy afirmou que o comércio mundial deve crescer 3,5% em 2012. Comércio não pode estar bem se economia mundial vai mal, disse.


A imposição de restrições ao comércio reduz as oportunidades de recuperação da economia no atual contexto da crise, disse nesta segunda-feira (16) o diretor-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), Pascal Lamy. Ele afirmou que o comércio mundial deve crescer 3,5% em 2012.

Lamy apresentou o Relatório Mundial do Comércio de 2012, uma das publicações anuais mais importantes da OMC e que este ano está centrado na análise das medidas não tarifárias que se aplicam a nível global.

Embora tenha afirmado que espera que novas previsões sobre a evolução do comércio internacional sejam publicadas ainda este mês, Lamy comentou que "o comércio não pode estar bem se a economia mundial está em más condições. Isso é resultado da falta de equilíbrio entre oferta e procura".

O crescimento dos intercâmbios comerciais gira em torno de 3,5%, e se espera um maior arrefecimento das exportações e importações, que em 2011 progrediram em conjunto cerca de 5% (contra o 13,8 % de 2010). Frente às incertezas na economia mundial, o responsável da OMC defendeu a importância de "conter o protecionismo".

Os analistas da organização comercial, que conta atualmente com mais de 150 países-membros, destacam, na publicação apresentada, o forte impacto dos desastres naturais no comportamento dos intercâmbios internacionais de bens.

 

 

Fonte: http://g1.globo.com/economia


Notícias Relacionadas

LER MAIS

Declaração Negativa de Comunicação COAF.

16.01.2019

Época de Entregar a Declaração ao COAF.

LER MAIS

Declaração Negativa de Comunicação COAF.

16.01.2019

Época de Enviar a Declaração Negativa de Comunicação COAF.