Brasil tem maior juro do cartão entre países da América Latina, diz Proteste

Noticias 17/07/2012

Taxa média de juro anual subiu no ano de 237,9% para 323,14%. Pesquisa da Proteste comparou taxa média cobrada em sete países.


Apesar da queda taxa básica de juros da economia, a Selic, os juros anuais médios cobrados para quem paga apenas parte da fatura do cartão de crédito subiram no país, de 237,9% em janeiro para 323,14% em junho, mostra pesquisa divulgada nesta terça-feira (17) pela associação de defesa de consumidores Proteste.

Conforme os dados levantados pela associação junto aos maiores bancos e financeiras do país, em junho a taxa média para o financiamento por meio do cartão de crédito, o chamado rotativo, estava em 12,77% ao mês, que corresponde a 323,14%.

De acordo com a pesquisa, o Brasil tem a maior taxa média de juros nas operações com cartão de crédito na comparação com seis países da América Latina: Argentina, Chile, Colômbia, Peru, Venezuela e México.

O valor cobrado no Brasil é  superior à soma de todas as taxas cobradas nos cartões de crédito nos seis países. O Peru, que aparece na segunda posição, cobra taxa média de 55% ao ano, e o Chile 54,24%. O menor percentual é da Colômbia com 29,23% anual.

 

Fonte: http://g1.globo.com/economia


Notícias Relacionadas

LER MAIS

Declaração Negativa de Comunicação COAF.

16.01.2019

Época de Entregar a Declaração ao COAF.

LER MAIS

Declaração Negativa de Comunicação COAF.

16.01.2019

Época de Enviar a Declaração Negativa de Comunicação COAF.