Demissões em autopeças derrubam saldo de emprego no setor automotivo

Noticias 14/08/2012

O saldo total de empregos no setor automotivo está negativo em São Paulo por causa do corte de vagas no segmento de autopeças, de acordo com Paulo Francini, diretor do Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos (Depecon), da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).


O saldo total de empregos no setor automotivo está negativo em São Paulo por causa do corte de vagas no segmento de autopeças, de acordo com Paulo Francini, diretor do Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos (Depecon), da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

O segmento está demitindo apesar do compromisso que as montadoras firmaram com o governo de não eliminar empregos em troca da redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) os veículos porque tem enfrentado concorrência dos produtos importados, disse o economista.

Segundo Francini, grande parte das vagas do setor automotivo está concentrada no segmento de autopeças. As montadoras, afirmou, representam uma parcela pequena do estoque de empregos no setor. “A indústria de autopeças está perdendo empregos. É nele que está concentrada a maior parte das vagas e não nas montadoras”.

Em julho o setor de veículos automotores, reboques e carrocerias fechou 400 postos de trabalho (queda de 0,2%) na comparação com junho. No acumulado do ano o setor registrou recuo de 2,6% no emprego ante o mesmo período em 2011.

Francini disse que o setor de autopeças sofre com a presença de itens industriais importados provenientes de regiões como Europa, Ásia e EUA, que buscam mercados onde a demanda é forte. O economista defendeu uma política mais efetiva de conteúdo nacional para a manutenção do emprego no setor automotivo, que compensaria o efeito da importação de peças no segmento.
 

Fonte: http://www.valor.com.br


Notícias Relacionadas

LER MAIS

Declaração Negativa de Comunicação COAF.

16.01.2019

Época de Entregar a Declaração ao COAF.

LER MAIS

Declaração Negativa de Comunicação COAF.

16.01.2019

Época de Enviar a Declaração Negativa de Comunicação COAF.