Inadimplência do consumidor recua 1,5% em julho

Noticias 15/08/2012

A inadimplência do consumidor caiu 1,5% em julho na comparação com junho, informou nesta terça-feira a Serasa Experian


Foi o segundo recuo mensal consecutivo do Indicador de Inadimplência do Consumidor - em junho ante maio a queda havia sido de 0,5%.

Em relação ao mesmo mês de 2011, julho apresentou aumento de 10,5%, mas o porcentual representa a menor alta desde julho de 2010 na comparação anual. No acumulado de 2012, o indicador cresceu 17,8%, ante aumento acumulado de janeiro a julho de 2011 de 22,5% sobre o período anterior.

De acordo com a empresa, o normal é a inadimplência do consumidor crescer no mês de julho por causa das compras parceladas do Dia das Mães e Dia dos Namorados e dos gastos com férias escolares. Mas neste ano houve queda devido ao recuo no comprometimento da renda, juros mais baixos e lotes recordes de restituição do Imposto de Renda, que colaboraram para o pagamento de dívidas.

As dívidas com os bancos puxaram a queda do indicador em julho ao apresentar recuo de 4% ante junho. As dívidas não bancárias (cartões de crédito, financeiras, lojas em geral e prestadoras de serviço) também caíram (0,8%). Houve, porém, aumento de cheques sem fundos e títulos protestados no período, de 7,9% e 4,8%, respectivamente.
 


Fonte: http://economia.estadao.com.br


Notícias Relacionadas

LER MAIS

Declaração Negativa de Comunicação COAF.

16.01.2019

Época de Entregar a Declaração ao COAF.

LER MAIS

Declaração Negativa de Comunicação COAF.

16.01.2019

Época de Enviar a Declaração Negativa de Comunicação COAF.