Presidente do Corecon-PB recebe visita de cortesia do Conselheiro Federal Paulo Hermance

Notícias 06/02/2024

O presidente do Conselho Regional de Economia da Paraíba (Corecon-PB), Celso Mangueira, recebeu nesta segunda-feira, 5, na sala de reunião do Conselho, a visita de cortesia do Conselheiro Federal do Cofecon, o economista e ex-presidente do Corecon-PB, Paulo Hermance


O presidente do Conselho Regional de Economia da Paraíba (Corecon-PB), Celso Mangueira, recebeu nesta segunda-feira, 5, na sala de reunião do Conselho, a visita de cortesia do Conselheiro Federal do Cofecon, o economista e ex-presidente do Corecon-PB, Paulo Hermance. A posse de Paulo Hermance como conselheiro efetivo ocorreu, no dia 2 de fevereiro em Brasília, na solenidade de lançamento do projeto Memórias e Futuro da Economia Brasileira conjuntamente como os novos conselheiros eleitos para o triênio 2024-2026. No encontro, Celso Mangueira externou a expectativa de que sejam concretizadas ações em parceria com o Federal no decorrer do ano, como por exemplo: XIII Prêmio Paraíba de Economia Professor Celso Furtado; XXXII Encontro de Entidades de Economistas do Nordeste (XXXIII ENE) a ser realizado em João Pessoa; cursos de capacitação.


Notícias Relacionadas

LER MAIS

Corecon-PB reúne economistas no Dia Internacional da Mulher

11.03.2024

Para comemorar o Dia Internacional da Mulher, o Corecon-PB realizou o fórum Finanças, mulheres fazem a diferença no formato híbrido.

LER MAIS

Dia Internacional da Mulher Homenagem às economistas paraibanas na pessoa da destaca Mulher Economista, Zélia Almeida. (uma biografia)

11.03.2024

Dia Internacional da Mulher Trabalho e Vontade Economista Celso Mangueira Muita energia e saúde continha aquele corpo. Muita vitalidade e alegria. O sorriso, já fazia parte do rosto, desde cedo. Fotos da idade de cinco anos mostram aquele ser que busca o prazer. A descoberta do conteúdo da vida. O ambiente em que havia nascido fazia uma composição compatível com a personalidade que se desenvolveria. Escola de Agronomia do Nordeste, pai professor fundador daquele complexo que denomina “Paraíso Instalado no Brejo de Areia”. Entre uma bela estética de jardins, aparecia o verde escuro da Mata Atlântica barreando o contorno. Aquele, que a classificaria no Brasil, como uma das grandes Escolas. A paisagem organizada encantava os habitantes e, principalmente, aquela criança de possuía o nome de Zélia Almeida.